27 de nov de 2008

Inspiração vinda da literatura.

E há quem diga que na tristeza se vê cor
Mas o que se vê?
É na verdade o oposto!
No preto e no branco, que dupla!
Dupla de presentes, que lembram os ausentes.
Mas, na verdade, os ausentes estão escondidos..
Na física, o branco é a união de todas as cores.
O que dizer dos dias chuvosos?
A gota da chuva reflete, quando sim, uma fresta de azul, vermelho, amarelo.
Pequenas, quase imperceptíveis.
Mas na falta, a sensibilidade aflora.
Busca desesperadamente!
Qualquer pouco vira muito.
Então vemos cor?A cor nunca some!
É o tudo e tudo, de novo.
Contudo, só que só se vê quando se olha.
E quantos olham?
Quando a boca está aberta e os olhos brilham, ninguém olha. Passam direto!
E quando a boca se fecha, num murmúrio..O sal e água atravessam a face. Aí param.
Param e procuram a cor que sempre têm.
Mas não importa tê-la, ou importa?
Claro que importa!
“Quando eu quero que ela exista, ela precisa aparecer.”
Como se tudo fossem lápis que seguem as nossas mãos, passivos.
Admiráveis, aqueles para os quais cores são permanentes.
Porque elas o são.
E quem não as vê? Talvez não seja caso de médico.
Seja caso de respiração.."

O sublinhado surgiu sem querer, mas até tem um certo sentido, onde ficou.
Esse poema, escrevi semana passada, quando, ouvindo e pensando a poesia de Manuel Bandeira, senti que as coisas pequenas passam despercebidas, e às vezes é preciso que alguém o diga para que o percebam. Não que minhas palavras sejam altas e fortes o suficiente para alcançar pelo menos um terço dos que eu desejo, mas, atingindo alguém, nunca é em vão. Não posso exigir que abram-se os olhos os iludidos, nem que parem de respirar, os egoístas..
Mas as palavras são minhas, e nelas eu sempre posso confiar.

Um comentário:

  1. Milla minha linda suas palavras mexem mesmo comigo pois tudo que escreves é lindo e sei que escreves com emoção e sentimentos o que muitos tentam e não conseguem transmitir! Sabes que estou começando a gostar mesmo de ti o minha linda tu tens tudo para seres feliz so bas ta procurares ser quem es linda, carinhosa, educada, travessa as vezes, meio menina e meio mulher com este charme irreconhecivel! Mas não deixe de ser como es por ninguem pois es uma pedra preciosa rara e suas palavras me conquistam junto com seu charme!
    Beijos romanticos Leo, para minha musa inspiradora, poeta e escritora!

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...