4 de mar de 2010

Essa história de acreditar em conto de fadas




    Mesmo tendo trabalhado na Disney, e tendo aprendido muito com toda a cultura e filosofia dela como empresa, eu carrego comigo, da minha infância, um problema pelo qual ela é culpada. Aliás, eu e a grande maioria das mulheres: a ilusão do príncipe encantado. Por ser autoexplicativo, não vou me ater a maiores esclarecimentos. Porém, fico pensando o quanto essa ilusão (ou seria trauma, ou atitude inconsciente para e com os relacionamentos?) traz prejuízos na vida das mulheres e até mesmo dos homens. Porque, já que as únicas a assistirem os filmes Disney são as mulheres (pelo menos a maioria telespectadora é composta delas), os homens não tem e nunca tiveram na cabeça o ideal de mulher perfeita como as mulheres tem deles. 


No máximo, eles querem perfeição de corpo, porque no final das contas é o que mais conta pra eles (infelizmente, algumas vezes é só isso que conta). A maioria dos homens casa com o corpo da mulher e não com a cabeça. Ainda bem, essa realidade, bem como outras, vem mudando. Inclusive li recentemente um estudo falando que a fidelidade masculina está ligada ao seu QI (leia aqui a reportagem). Que bom seria se fosse verdade. Bom, pode ser, porque não? A questão, contudo, é o imaginário feminino e a iludida esperança de que os homens precisam ser perfeitos. Lindos, inteligentes, bem sucedidos, engraçados, dedicados, atenciosos, românticos, bons pais, bons provedores, bons, bons, bons, bons.. A lista é interminável. O problema é que essa projeção e esse tipo de homem-modelo criado na cabeça das mulheres é fruto de uma fase em que o mundo realmente era cor de rosa, a infância e o começo da adolescência. Depois disso, a dose de realidade deveria ser forte a ponto de mostrar que essa fase terminou e que o que vem depois é diferente. Aí eu me pergunto: quantos terapeutas não se veem diante do problema de apagar esse modelo da cabeça de mulheres adultas? Não duvido que esse seja o tema de diversos de seus livros. E por causa disso, o que acaba acontecendo quando as mulheres entram num relacionamento é que: a) o homem não é nada do que ela esperava, mas diz que a ama e ela acredita; b) o homem atende a um ou dois tópicos do modelo, e ela finge e se convence que ele completa todos; c)o homem completa grande parte dos requisitos, mas ela procura outros que ele não atende (já que ele é tão bom, poderia ser melhor); d)o homem é uma pessoa boa e está disposto a investir no relacionamento, mas a mulher se ocupa tanto de tornar tudo perfeito que acaba destruindo tudo; e)muito raramente, a mulher entra na real e decide aceitá-lo como ele é, constituindo um pequeno percentual de mulheres realmente satisfeitas com seus relacionamentos. Excetuando a alternativa e, as outras provavelmente levarão ao fim dos relacionamentos e a um número maior de consultas em clínicas psicológicas. Ou a mulher acaba casada e infeliz, com um marido infiel; ou ambos infiéis, e o relacionamento se sustenta na convenção. Mas, afinal, o que se esperar de um e outro?
Sinceramente, eu acho que prefiro a conduta dos homens. Não estou dizendo que concordo com tudo que eles fazem, porque não concordo. Mas em se tratando de como eles agem em relação ao amor, tem um certo sentido. Porque, veja.. eles não saem pra todas as festas que vão procurando se apaixonar, nem procurando uma esposa. Não concordo com o fato de saírem sempre procurando um rabo de saia, mas concordo com a postura de não procurar um relacionamento em cada esquina ( o que acontece com a maioria das mulheres ). Claro, existem sempre exceções. Posso dizer até que existem homens piores do que mulheres, mais carentes, mais dependentes, enfim. Mas aqueles que se encaixam no padrão a que eu me refiro, encaram o amor como uma coisa que acontece naturalmente. A maioria nem espera por isso, e tem alguns que dizem que não querem se apaixonar nunca. Mas engraçado que são esses os maiores e melhores namorados, na maioria das vezes. Porque eles meio que se preservam de gastar energia com mulheres que eles não acham que valha a pena. O que significa que quando encontram uma que eles acham que valha o esforço, são mais sinceros e acabam até surpreendendo, pelo fato de terem mais sentimento guardado. Um amigo da minha mãe uma vez me disse: os melhores namorados e maridos são os homens galinhas. Eu não concordo com ele, mas admito que o argumento tem certa lógica. Os homens galinhas conheceram mais tipos de mulheres, viveram e viram quão diferentes podem ser, conhecem melhor a maioria dos seus defeitos, e por isso mesmo sabem valorizar mais quando encontram uma mulher digna da sua atenção (infelizmente, atenção e fidelidade no vocabulário masculino são como A e Z no dicionário, mas essa é uma discussão pra outro dia). O que eu quero dizer é, na maioria das vezes, os homens não esperam nada e valorizam muito mais quando encontram algo que lhes agrada. Ao contrário das mulheres, que sempre esperam demais e quando encontram algo, em 80% das vezes não é do seu agrado, e mesmo assim acabam supervalorizando devido à uma imagem que não reflete a realidade. Não estou dizendo que os homens estão sempre certos e as mulheres erradas, até porque sou uma delas e discordo de muitas atitudes masculinas. O que eu quero dizer é que ás vezes nós temos o péssimo hábito de julgar os homens e esquecemos de observar seus comportamentos, que podem inclusive nos ensinar algo. Nesse caso, o que eu acho que pode ser tirado dessa atitude não é muito diferente do que os terapeutas dizem e aconselham: é muito
mais interessante e saudável viver e deixar que as coisas aconteçam sem esperar demais, do que sair procurando incansavelmente por uma coisa e acabar se decepcionando quando encontra. Não tiro a nossa razão em esperar certas qualidades de um namorado, porque isso é natural de todo ser humano. Aliás, é necessário, digamos, ter um certo filtro pra evitar invasores indesejados. Mas sair com esse filtro pra lá e pra cá, além de desgastante, parece afastar o interesse dos que desejam se aproximar..

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...